• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

Fórum de Liberdade Sindical completa um ano de existência

Espaço reúne centrais e Ministério Público do Trabalho para combater ofensiva contra organizações da classe trabalhadora

Publicado: 13 Março, 2019 - 08h52

Escrito por: CUT Paraná

notice
Gibran Mendes

Nesta terça-feira (12) o Fórum de Liberdade Sindical completa um ano de existência. Criado em 12 de março de 2018, o espaço reúne centrais sindicais e o Ministério Público do Trabalho com o objetivo de estabelecer, de forma permanente, um diálogo para avançar na efetivação da liberdade de atuação dos sindicatos  no Paraná.

 

“Estamos realizando audiências públicas em todo o Paraná além de manter reuniões permanentes para abordar temas e definir estratégias de enfrentamento às práticas antissindicais. Estes ataques ocorrem cotidianamente nas empresas e agora até mesmo em esferas públicas, com ações que tem como objetivo sufocar o movimento sindical, como é o caso da MP 837”, avalia o secretário geral da CUT Paraná, Márcio Kieller.

 

De acordo com Kieller, o objetivo do fórum é ampliar o debate para todo o Estado, por intermédio de audiências públicas que ocorrem em diversas regiões do Paraná. Além de Curitiba, Pato Branco, Foz do Iguaçu  e Londrina  já receberam atividades do fórum e os problemas locais também passam pelas análises e estratégias dos componentes do espaço de discussão.

 

“Desde o pequeno patrão, passando pelo grande empresário e agora até o Governo Federal, há questões a serem resolvidas. Isto vai desde impedir a entrada de representantes dos sindicatos nos espaços de trabalho até mesmo políticas públicas que buscam impedir a luta pelos direitos da classe trabalhadora”, exemplificou.

 

As próximas audiências públicas do Fórum de Liberdade Sindical devem ocorrer em Ponta Grossa, Maringá e Guarapuava. Datas, horários e locais serão decididos nas próximas semanas. 

carregando
carregando