• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

Greve na Sanepar começa nesta terça-feira (31) em Londrina

Categoria quer aumento real nos salários, valorização dos pisos e outras reivindicações que compõem a pauta de negociação

Publicado: 31 Maio, 2016 - 11h55

Escrito por: Armando Duarte Jr

Os trabalhadores da Sanepar deflagraram greve por tempo indeterminado a partir desta terça-feira (31/05). Omovimento foi iniciado com uma concentração na ETA (Estação de Tratamento de Água) localizada na Avenida Juscelino Kubitschek, em Londrina.

Além do pessoal de Londrina, estão participando da pressão para que a empresa apresente uma proposta decente caravanas de Apucarana, Arapongas, Bela Vista do Paraíso e de outras cidades da Região.

Alexandre Schmerega Filho, presidente do SINDAEL, afirma que o trabalho nas áreas consideradas essenciais será mantido.

“Estamos indignados com a diretoria, pois venceu ontem o prazo de 72 horas úteis para a Empresa se manifestar após a rejeição da proposta. O movimento paredista é o último recurso de que dispomos para exigir o que é de nosso direito. Essa diretoria não teve o mínimo de respeito por nós, que carregamos a Sanepar nas costas”, critica Alexandre.

Os trabalhadores da Sanepar estão em greve por aumento real nos salários, valorização dos pisos, melhorias nos Planos de Saúde e no PPR (Programa de Participação nos Resultados), e mudanças no PCCR (Plano de Cargos, Carreiras e Salários).

A diretoria da empresa ofereceu somente a reposição da inflação e um pequeno aumento no valor do Vale Alimentação.

carregando