• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

Sanepar mantém proposta com reajuste de apenas 1,81% e nada mais

Sindicato cobra postura coerente da empresa

Publicado: 03 Abril, 2018 - 12h40

Escrito por: Armando Duarte Jr

Sem qualquer cerimônia, a Comissão de Negociação da Sanepar enviou comunicado aos Sindicatos majoritários reafirmando a proposta para celebrar o ACT (Acordo Coletivo de Trabalho) 2018/2019 com o reajuste de apenas 1,81% nos salários, demais verbas e benefícios.

Na mensagem, a Comissão disse que essa proposta “contempla esforço da empresa para manutenção de todos os benefícios”, se esquecendo de que há anos os trabalhadores e trabalhadoras não recebem nada além da reposição da inflação, o que é direito garantido na legislação.

A empresa convocou as entidades sindicais para um “encontro para esclarecimentos” nesta quarta-feira (4/04), em Curitiba, quando deve chorar suas pitangas e deixar de lado os discursos feitos pela diretoria nos últimos tempos de valorização do quadro de pessoal, bem como o excelente resultado obtido no exercício de 2017, quando obteve lucro de R$ 686 milhões, com crescimento de 9,5%.

“Vamos colocar isso na mesa e cobrar uma postura coerente da Sanepar para os cerca de 7 mil trabalhadores e trabalhadoras que vestem a camisa da empresa e são responsáveis pelo seu ótimo desempenho”, adianta Alexandre Schmerega Filho, presidente do SINDAEL.

Alexandre lembra que ao mesmo tempo em que nega aumento real, melhorias no PCCR e outros avanços no ACT, como foi reivindicado na contraproposta apresentada pelos Sindicatos majoritários no dia 19 de março, a empresa gasta rios de dinheiro em publicidade.

Um exemplo disso é o patrocínio da Exposição Agropecuária de Londrina, que servirá de palanque para a campanha do governador, do presidente da Sanepar e de outros candidatos nas eleições deste ano. 

carregando