• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

Sindicatos cobram revisão do posicionamento da Sanepar em relação ao ACT

Entidades desejam que sua contraproposta seja analisada de fato

Publicado: 09 Abril, 2018 - 08h45

Escrito por: Armando Duarte Jr

 

Por terem considerado um descaso a falta de negociações em torno do ACT (Acordo Coletivo de Trabalho) 2018/2019, que foram substituídas pela apresentação de uma única proposta, contendo apenas a reposição de 1,81% da inflação acumulada desde março de 2017, os Sindicatos majoritários dos trabalhadores e trabalhadoras da Sanepar foram protocolar na sexta-feira (6) um ofício cobrando da empresa a revisão desse posicionamento.

Em reunião realizada na última quinta-feira (5), em Curitiba, os Sindicatos decidiram encaminhar um ofício para a Diretoria e ao Colegiado da Sanepar no sentido de que a contraproposta das entidades, protocolada no dia 19 de março, seja analisada de fato.

Também foi aprovada a não realização de Assembleia para avaliar essa proposta, levando em conta a falta de respeito da diretoria da empresa em relação às reivindicações apresentadas.

Na avaliação dos dirigentes sindicais, a comissão de negociação não repassa para o Colegiado as propostas dos Sindicatos e nem mesmo relatam a situação em que vivem os saneparianos, em especial aqueles com menores salários.

“Não podemos admitir esse reajuste mixuruca no momento em que a Sanepar comemora ótimos resultados, com lucro milionário e repasse de dividendos cada vez maiores aos acionistas, além dos enormes gastos com cerimônias, feitas a todo momento, para fins eleitoreiros. Queremos a valorização dos trabalhadores e trabalhadoras que pegam no pesado para elevar o nome da Sanepar e não daqueles que ganham muito para não fazer nada, como tem sido feito nos últimos anos”, ressalta Alexandre Schmerega Filho, presidente do SINDAEL.
 

carregando