• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

Chapa 2 vence eleições no SISMMAC

Sindicato do magistério de Curitiba será dirigido pelo Coletivo Enfrente, um grupo que se articula no campo progressista

Publicado: 11 Outubro, 2021 - 14h42 | Última modificação: 11 Outubro, 2021 - 14h57

Escrito por: CUT-PR

notice

O Sindicato dos Servidores do Magistério Municipal de Curitiba (Sismmac) tem nova direção. O coletivo de oposição, a Chapa 2, venceu as eleições realizadas entre os dias 6 e 8 de outubro por ampla maioria. Foram 3.2633 votos válidos contra 2.007 votos da Chapa 1, da Intersindical. O total representa 62% dos votos válidos, com a maior votação da história do Sismmac.


“Esta vitória representa uma vitória de todo a categoria. Há anos os professores e professoras da rede municipal de Curitiba acumulam derrotas e perdas. É preciso mais ação concreta. É preciso articulação com a base e com outras entidades de trabalhadores e trabalhadoras. A luta da categoria também é a luta da classe trabalhadora. É nisso que apostamos nesta nova gestão vitoriosa, que não tenho dúvidas, fará uma administração primorosa”, apontou o presidente da CUT Paraná, Marcio Kieller.

 

"Desde 2017 com a eleição de Rafael Greca iniciou-se um processo intenso de retirada de direitos dos servidores municipais, perdemos três décadas de conquistas nestes cinco anos. Precisamos de muita organização e ousadia à frente do SISMMAC sindicato para reorganizar o magistério. Nossa tarefa histórica é unir a categoria e seguir em frente na luta em defesa da escola pública e dos profissionais do magistério.", analisou a presidenta eleita, Diana Abreu. Ela será a responsável por encabeçar o grupo responsável pela próxima gestão. Diana é secretária de assuntos jurídicos da CUT Paraná. A direção também conta com outros representantes ligados à Central.