• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

Fórum de Liberdade Sindical relança cartilha em live nesta quinta-feira

Documento produzido pelo MPT é uma ferramenta importantíssima pela livre atuação das entidades de representação da classe trabalhadora

Publicado: 19 Julho, 2021 - 12h31 | Última modificação: 19 Julho, 2021 - 12h34

Escrito por: CUT-PR

Reprodução
notice

Nesta quinta-feira (22) o Fórum de Liberdade Sindical do Paraná, que reúne as principais centrais sindicais e o Ministério Público do Trabalho, realiza uma live a partir das 18h30 para fazer o relançamento da cartilha “Atos Antissindicais – Manual de atuação”. O documento foi produzido pelo MPT sob a coordenação do procurador paranaense Alberto Emiliano e tem como objetivo fortalecer a atuação da entidade e também dos sindicatos no combate às práticas que impedem o livre exercício das representações da classe trabalhadora. 

O evento será transmitido pelo perfil das entidades do Paraná e contará com a participação de representantes do Ministério Público do Trabalho e também dos presidentes nacionais das centrais, como o presidente da CUT Brasil, Sérgio Nobre. “Trata-se de um importante evento e que tem como objetivo reforçar nossa atuação no sentido de combater as práticas antissindicais e fortalecer a atual sindical. As centrais fortalecem sua unidade no combate às ações do capital que tem como objetivo restringir nossa atuação”, explica o presidente da CUT Paraná, Márcio Kieller. 

Além de Sérgio Nobre, farão parte da abertura da live os presidentes da CTB, da Força Sindical, da Nova Central, da Pública e da UGT. O documento produzido pelo Ministério Público do Trabalho aborda desde exemplos práticos de atos antissindicais, passando por análises específicas como condutas discriminatórias, atos contra dirigentes sindicais, a situação da Covid-19 neste contexto, até questões como o acesso à empresa, o direito de greve e a liberdade de associação. 

A live terá transmissão ao vivo pelo perfil da CUT Paraná no Facebook a partir das 18h30 desta quinta-feira (22). Clique aqui para acessar o espaço da central nesta mídia social, curta e programe-se para acompanhar. Envie suas perguntas, comentários e compartilhe!