• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

Manifesto de apoio da CUT-PR à greve nacional dos trabalhadores de apps e entrega

Direção reforça importância da mobilização e do apoio da sociedade

Publicado: 01 Julho, 2020 - 08h42

Escrito por: CUT-PR

Roberto Parizotti / Fotos Públicas
notice

A Direção Executiva da CUT/PR durante a sua reunião ordinária do ultimo dia 23 junho de junho discutiu e aprovou a elaboração de uma manifestação de apoio a mobilização nacional das trabalhadoras e trabalhadores em aplicativos de entrega.

As mudanças no mercado de trabalho e os avanços tecnológicos trouxeram para milhões de trabalhadoras e trabalhadores do setor de serviços uma enorme precarização das condições de trabalho nos seus mais diversos aspectos, principalmente por empurrá-los para o sistema de aplicativos e plataformas de entrega dos mais diferentes itens necessários ao dia a dia das pessoas, desde as coisas mais básicas como a entregas de produtos que vão desde medicamentos, passando pelos mais diversos itens e vão até a entrega dos alimentos.

E em tempos de pandemia de Covid-19 as condições de trabalho precário se aprofundam de uma forma cruel e desumana, pois força essas mulheres e homens, na sua maioria jovens, a viver em condições extremamente difíceis a jornadas longas e extenuantes, para que possam ter em troca muito baixa renumeração por esses serviços. Como combater a exploração é quase uma condição humana, esses trabalhadores de plataforma resolveram chamar uma greve dos trabalhadores em plataforma de entrega para o dia 01 de julho.

A CUT Paraná vem a público manifestar todo seu apoio a greve nacional das trabalhadoras e trabalhadores de aplicativos de entrega por compreender que a melhor forma de combater a exploração e reivindicar condições dignas de trabalho e melhores remuneração pelo seu trabalho, além exigir maior proteção à vida e a saúde dessa categoria que tanto se expõem todos os dias aos graves riscos da pandemia de coronavírus é através da luta da organização e da luta por avanços direitos a esses trabalhadores.

O 13º Congresso Nacional da CUT e o 14º Congresso Estadual da CUT tiveram no centro dos debates justamente a questão do trabalho dos informais e dos trabalhadores em aplicativos e plataforma, por que tinha leitura que o futuro do trabalho esta calcado na precarização e na dita “urberização” de todos os serviços e se propôs a estudar o trabalho nessas plataformas e a buscar a organização e a representação dessas trabalhadoras e trabalhadores.

Por isso nos colocamos a disposição e estamos de portas abertas as trabalhadoras e trabalhadores em plataforma de entrega. E como muitos que assumimos o compromisso de neste 01 de julho, em solidariedade e a apoio a essas trabalhadoras e trabalhadores de não utilizarmos desses serviços de aplicativos de entrega para potencializarmos a greve nacional para que ela produza os efeitos esperados por seus organizadores.

Não utilize nesta quarta-feira (1) os aplicativos de entrega. Apoie a greve das trabalhadoras e trabalhadores de plataformas de entrega. 

CENTRAL ÚNICA DOS TRABALHADORES DO PARANÁ